quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

RIBEIRA DOS CALDEIRÕES - S. Miguel

Nem todas as minhas actividades profissionais me dão prazer, mas tenho de reconhecer que algumas acções são mesmo altamente agradáveis.
Em visita de trabalho pelo concelho do Nordeste, ilha de São Miguel, o reconhecimento da área de estudo tinha necessariamente esta paragem, junto aos Moinhos de Água na Ribeira dos Caldeirões e como a beleza do local fala por si, ficam as imagens que recolhia enquanto analisava a área...



...afinal, nem só de geologia vive um geólogo.

11 comentários:

Jose Augusto Soares disse...

Palavras para quê?

Muito bonito.

Melões Melodia disse...

Realmente bonito.
Ja me decidi e no proximo verao vou passear pelas tuas ilhas.
Abraco

geocrusoe disse...

melões melodia
Ainda bem, bem-vindo, espero que o tempo esteja o melhor possível e se quiseres algum apoio, estou cá para ajudar.
Por coincidêndia estava a ver o anterior comentário quando este entrou, demonstrando que estávamos os 2 on-line neste blog...

nanda disse...

Toda a actividade profissional dá momentos de prazer e contentamento.
O espaço está muito limpo e aparentemente bem cuidado e recuperado, deviam estar todos assim.

Não reconheceu a árvore da foto do meu blog?

Lc disse...

Fantástico.

geocrusoe disse...

à nanda
Confirmei hoje de manhã a minha resposta deixada no seu post e ao parar no local, por coincidência, ouvia a ressurreição de Mahler. Interessante como, ao passarmos pelos mesmos locais, são coisas tão diferentes que despertam a atenção de uns e de outros e como nos enriquecemos ao trocar as experiências de cada um aqui na blogosfera.

Paulo Pereira disse...

Conheço o local fotografado e devo reconhecer que este, embora fantástico, ficou deveras beneficiado com a mestria do fotógrafo.

geocrusoe disse...

ao paulo pereira
não sei quando foi a ultima vez que lá estivestes, sei que foi a primeira vez que lá estive depois das obras recentes lá efectuadas e fiquei deslumbrado!
Não me sinto mestre na arte da fotografia, actividade que apenas comecei a fazer há muito poucos anos, que se intensificou apenas com a criação do presente blog e não penso que as minhas fotos tenham beneficiado o local que tanto me impressionou. Qualquer forma, obrigado pelo elogio.

Anónimo disse...

Aqui está uma prova de que a imagem de natureza intacta que os Açores pretendem dar a conhecer, deveria ser substituída pela imagem de natureza cuidada. O concelho do Nordeste é o melhor exemplo disso.

geocrusoe disse...

ao anónimo
Discordo, na generalidade, com o que disse, prefiro ambientes naturais e bem conservados. Mas se houver zonas já ocupadas por invasoras naturalizadas, como é o presente caso, ao menos que a área esteja cuidada. Se nos Açores se tentasse assegurar e conciliar os dois aspectos, julgo que a degradação ambiental não crescia, antes pelo contrário.

Oxyder disse...

paisagem 5 estrelas...