segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

O Nosso Carnaval 2 - A GASTRONOMIA

Algumas tradições de Portugal continental foram adaptadas nos Açores a novos costumes e condições do meio. Assim, os festejos do Carnaval dos Açores são muito intensos e desenvolveram especificidades próprias de ilha, mas ao nível da gastronomia, o interessante foi a migração de alguns doces de Natal para o Carnaval...
As filhóses, antigamente fritas em banha e hoje em óleo, são um desses doces que nos Açores fazem parte da gastronomia de Carnaval, cobertos com açucar e canela ou com uma calda dos mesmos ingredientes e com formas por vezes ligeiramente diferentes de uma casa para outra, no Faial a filhós é figura obrigatória no Carnaval.
Os coscorões, igualmente fritos, são outras das tradições doces presentes em muitas casas e festas durante o Carnaval faialense, existem duas principais variantes; uns de massa muito fina e estaladiça, por vezes cobertos com uma calda de limão ou apenas de açucar e canela, outro tipo tem uma massa mais espessa e ficam ocos, por norma cobertos de açucar e canela, como apresentados na foto acima.
As fofas são um doce que goza a fama de ser tipicamente faialense (mas já vi noutras ilhas algumas variantes), compostas por uma massa com erva-doce, que leveda intensamente e as deixa ocas, são muitas vezes injectadas com um creme de limão de sabor muito delicado.
Hoje é mais frequente os faialenses adquirirem as fofas nas padarias locais do que as confeccionarem em casa, mas nalgumas famílias o seu fabrico pelo Carnaval mantém-se vivo e é motivo de orgulho a sua exposição em tradicionais festas mais restritas de amigos, como nos Assaltos de Carnaval.

8 comentários:

serebelo disse...

Fofas! Isso sim! No Carnaval e fora dele! Fabulosas! Abraço.

jcarlos disse...

tem um aspecto muito apetitoso foi a mamã que fez???

geocrusoe disse...

ao serebelo
lembro-me de um posto onde descrevia e elogiava as fofas e quando estava a escrever o meu estava exactamente a pensar nessa descrição, que até pensei copiar e indicar a fonte.

ao JC
não só, mas também

Anónimo disse...

Os coscorões estavam divinais, pois tive o prazer de os saborear.
Os parabens a quem os confeccionou, e sortudos daqueles que como eu com eles se deliciaram.

geocrusoe disse...

ao anónimo
pois ainda bem que gostastes... e lá se teve de gastar mais umas horas no bom ginásio da nossa terra.

Marizé disse...

bem agora tou cheia de fome
isso nao pode ser
beijocas

geocrusoe disse...

à marizé
Para quem tem um blog sobre comida não é de estranhar...

Rita disse...

Bons dias, posso entrar em contacto consigo? Estou a fazer um artigo sobre o Carnaval no Pico, Faial e S.Jorge e gostaria que me desse algumas informações. Seria possível?
O meu email é ritinha.azores@hotmail.com, por favor entre em contacto comigo o mais depressa possível.
Grata pela atenção,
Rita Ribeiro