quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

FERIAS, FOTOCOBERTURA IV - Cambridge, as raizes


A Main Street ou seja a rua principal historica da Baixa de Galt.


Pormenor de zona central de Galt e as suas igrejas encimadas de agulhas uma das imagens de referencia de Cambridge.


A igreja luterana de Galt, existem numerosos templos nos centros historicos, por norma em estilo neo-romanico ou neogotico, das mais diferentes religioes, por norma cristas: pentecostal, metodista, anglicana, luterana, igreja unida, adventista, baptista, catolica etc... o convivio entre todos e' exemplar.


Arredores do centro de Galt e areas habitacionais tipicas de toda a cidade com varias dezenas de quilometros quadrados. Praticamente nao existem torres de apartamentos, o comercio concentra-se ao longo de pracetas nas maiores arterias de circulacao urbana que unem os nucleos historicos ou as cidades vizinhas e as zonas industriais estao bem definidas e separadas dos espacos residenciais.


Uma rua tipica da baixa de Galt, Dickson Street


Instalacoes da biblioteca de Cambridge em Preston, o imovel e' um mimo arquitectonico, alem deste edificio, existem mais dois: um em Galt e outro em Hespeler, todos edificios novos, acolhedores, abertos ao publico, com acesso a internet e varios milhares de livroscom seccoes para as varias comunidades de imigrantes, incluindo a portuguesa. Em Galt ja passei numerosas horas de pesquisa e relax, com funcionarias que transbordam simpatia.


Na confluencia do Grand River(esquerda) com o Speed River(direita), local de ocupacao humana pelas "First Nations" nasceu ha' 200 anos o primeiro povoado europeu da zona, constituido de Menonitas germanicos fugidos da Pensilvania, entao chamado de Cambridge, depois rebaptizado de Preston e hoje integrado na cidade aglomerada que foi buscar o nome original CAMBRIDGE. O local e o Grand Ruver estao classificados como patrimonio nacional canadiano.


A confluencia do Speed River no Grand River, situada bem no interior desta cidade de 123.000 habitantes, e no centro dum aglomerado urbano coom mais de 500.000 habitantes, nao so' tem um valor historico muito importante na ocupacao humana do leste da america do norte e depois no povoamento do sudeste canadiano, como e' um belissimo e calmo local a visitar, onde a natureza se mantem intacta com toda o seu explendor e um dos meus favoritos espacos em Cambridge.


As termas de Preston e uma moagem no Speed River, foram os motores da expansao deste povoado no seculos XIX e inicio do XX, as primeiras ainda existem, embora sem importancia a segunda e' uma importante unidade industrial ainda em laboracao.

Sem comentários: