quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Canadianos vs Americanos, diferencas

Muitas vezes questionam-me em que se destinguem os canadianos dos americanos. Certo que existem muitas coisas em que sao iguais, mas nalguns detalhes distiguem-se as caracteristicas mais comuns de uns e de outros. O exemplo abaixo ocorreu nesta minha viagem e mostra um pormenor em que frequentemente diferem:
Em New York, num domingo de manha, um carro parado na rua deixa sair um mulher que vai ao banco traseiro buscar uma crianca... automaticamente uma serie de buzinadelas ocrrem como protesto pela interrupcao do transito associada a esta operacao.
Em Toronto, numa quarta-feira, hora de ponta da manha, solicito um taxi numa rua movimentada que se dirige no sentido oposto ao que eu pretendo... o taxista imediatamente compreende a minha intencao e sentido, emite um sinal de concordancia, faz pisca para mudar de direccao, quero carro atras como o da faixa oposta e a ocupar deixam-no fazer a manobra, o taxi apanha-me, ponho a bagagem atras e entro na viatura. O taxista volta a agradecer aos automobilistas e segue viagem, cumprimentando-me educadamente. Claro que existem excepcoes mas esta e' a regra.

1 comentário:

RJ disse...

A ideia com que fiquei dos Canadianos é que são muito mais "europeus" do que os americanos.
Uma das coisas que mais me surpreendeu foi no documentário de Michael Moore "Bowling for Columbine", quando nos mostra que no Canadá as pessoas nem trancam as portas, ao contrário dos USA onde se fecham a sete chaves e possuem armas para "defesa pessoal".

O que não gostei foi do puritanismo e das restrições ao álcool (comum à América). Tinha 20 anos na altura e pude beber uns copos de vinho numa "reception"num Hotel do casamento de uma familiar.

Foi-me pedido o BI na altura, mas a partir do momento que a pessoa que estava a pagar a festa ter dito que eu podia beber (dizendo também que eu era português) não me foi colocado nenhum entrave. E o empregado começou logo a falar-me da sua visita a Lisboa!