quinta-feira, 5 de julho de 2007

Património Construído em Ruínas II - Casa do Presidente da República Manuel de Arriaga

Após a Bagatela, eis outro exemplo do desrespeito do país pela sua história.
Aqui vivia a família Arriaga quando nasceu Manuel de Arriaga, o primeiro Presidente da República eleito em Portugal. Quem me conhece sabe que não sou um republicano convicto, mas não consigo aceitar, que este país permita, que os locais da história dos seus soberanos fiquem deste modo. Isto é uma VERGONHA NACIONAL!
Este imóvel hoje já não pertence à família, é sim propriedade da Igreja Católica, que talvez sentido-se expoliada no passado por leis nacionais, deixa agora como que uma imagem de vingança neste mundo, ao deixar degradar a memória de Portugal.

Quando adolescente aqui funcionava uma casa de acolhimento de estudantes do Liceu da Horta oriundos de outras ilhas, sobretudo do Pico, Flores, S. Jorge e do Corvo. Depois, ainda bem, foram-se construíndo escolas pelas várias parcelas dos Açores e a igreja foi abandonando o imóvel, registindo à venda a entidades com propostas de recuperação e com o objectivo de dar outros usos de interesse público, mas deixou o legado neste estado.

Janela assombrada pelo desrespeito à memória nacional

1 comentário:

jose quintela soares disse...

Está tudo dito nessa frase:
"É uma Vergonha Nacional!".