quinta-feira, 7 de junho de 2007

IRAS DE GAIA - CLIMA LOUCO

Enquanto nos fins-de-semana de inverno gozei o bom tempo no meu recanto de sonho, agora que o Verão está à porta e estou de férias, eis como está a minha zona de banhos predilecta.

Consequências do vento forte de norte



Nem parece Junho...


Já reparam que quando se olha para a ponta da Ribeirinha a rebentação das ondas é perpendicular à costa?


Efectivamente, devido à morfologia das plataformas costeiras, as ondas do mar sofrem reflexões e a sua rebentação fica paralela à costa, repare que tal acontece, na generalidade, em todas as praias, independentemente do seu quadrante.
Todavia, como a ponta da Ribeirinha forma a extremidade oriental da costa norte da ilha, as ondas, na primeira centena de metros de costa leste, não sofreram ainda reflexões suficientes para terem uma rebentação paralela à costa. No porto, a rebentação é ainda oblíqua e sempre virada para sul, independentemente do quadrante do vento, uma especificidade do local.

Sem comentários: