quinta-feira, 8 de julho de 2010

170 anos do nascimento do Faialense Manuel de Arriaga

Retrato Oficial do Presidente Manuel de Arriaga (fonte)
por Columbano Bordalo Pinheiro




Hoje completam-se 17o anos do nascimento do primeiro Presidente da República eleito em Portugal, Manuel de Arriaga, nascido na cidade da Horta a 8 de Julho de 1840.

Na sua juventude parte para Coimbra com o objectivo de se formar em direito, depois instala-se em Lisboa como advogado, adere ao partido republicano e após o fim da monarquia torna-se no primeiro Presidente da República eleito, mais concretamente a 24 de Agosto de 1911, ocupando nesta função o mais alto cargo do regime e substituindo o igualmente açoriano Teófilo Braga nomeado Presidente do Governo em Outubro de 1910.

Como era frequente no passado, os grandes homens na intervenção nacional saíam das suas terras de origem distantes da metrópole, como o Faial, e não mais voltavam a residir no torrão natal, Manuel Arriaga seguiu este percurso normal, aqui ficou apenas a casa onde nasceu que agora será finalmente recuperada ao abrigo das celebrações do Centenário da República.

Hoje, integrado nas comemorações do 177º Aniversário da elevação da vila da Horta a Cidade, haverá uma Sessão Solene dos 170 anos do nascimento de Manuel Arriaga, pelas 21 h, no Teatro Faialense e com um espectáculo de poesia, uma vertente menos conhecida deste grande Faialense, Açoriano e Português.

2 comentários:

João disse...

Não deixa de ser interessante chmar failense a um Homem de Pico...

geocrusoe disse...

Sei que a ideia surge de dizerem que no Verão os pais iam para o Pico passar férias, eu não estava lá para ver e fico-me pelo que me dizem oficiamente e não algumas pessoas sem provas de facto. Era estranho que uma mulher grávida antigamente viajasse nas condições de então.
Aliás, nascer no Pico não faz um homem Picoense, tal como os filhos de Picoenses nascidos na Horta não deixam de ser Picoenses.
Por isso Arriaga é Faialense tal como eu, que até nem nasci em Portugal.