segunda-feira, 6 de abril de 2009

CONCERTO SINFÓNICO DE PÁSCOA

Aproveito este meio e igualmente atender ao pedido do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Horta e do Director Artístico do Concerto para divulgar o Concerto de Páscoa 2009.
Um concerto constituído apenas por obras de grandes compositores do período clássico, no espaço com excelentes condições acústicas do interior da igreja de São Francisco na Horta.
O conhecimento musical e a experiência do tenor Kurt Spanier oferece-nos garantias no cuidado com a qualidade de preparação do concerto e permite convidar para esta terra músicos de valor reconhecido.

Uma oportunidade ainda para mais uma vez visitar este templo, monumento nacional, encerrado, sub-aproveitado e a necessitar de reparações urgentes. O qual ao não estar a ser utilizado para o culto religioso, ao menos seria um magnífico espaço para eventos culturais nesta ilha, sobretudo os que tem a protecção de Santa Cecília.

6 comentários:

Pedrita disse...

tb vamos ter em cidades próximas concertos de páscoa. beijos, pedrita

José Quintela Soares disse...

Ainda bem que iniciativas destas vão sendo normais...

miguel valente disse...

Organizar concertos para a igreja de São Francisco é sempre louvável, não só pelas excelentes características acústicas da mesma, mas igualmente para chamar a atenção dos faialenses para o péssimo estado de conservação da referida igreja, sensibilizando a população para a necessidade urgente de intervir neste edifício.
Geo, tens a certeza que esta igreja é um Monumento Nacional?

geocrusoe disse...

pedrita
ainda bem, mas concetos de páscoa são situações normais nas grandes cidades, mas aqui é uma pequenina cidade de uma pequenina ilha, de uma pequena região no meio do oceano e daí a importância do evento.

ao josé quintela
concordo plenamente.

ao miguel
estou plenamente de acordo. confirmando, não é bem monumento nacional, está classificado em termos nacionais como imóvel de interesse público, que julgo ser diferente, mas dessa área tu por formação percebes melhor que eu. vê a ficha em:
http://www.inventario.iacultura.pt/faial/horta_fichas/71_11_176.html

A ilha dentro de mim disse...

De facto, é um crime essa igreja estar como está, mas julgo que desta vez a culpa não é da Igreja Católica. Segundo me constou, desde há uns anos que a Santa Casa da Misericórida da Horta é a legítimoa proprietária do imóvel, que tornou seu por usocapião... É caso para dizer que o interesse público não joga com o interesse privado...

geocrusoe disse...

à ilha dentro de mim
eu não sei exactamente quem é o culpado, parece que a igreja foi doada à região à décadas e apenas a santa casa não deixou de a utilizar fisicamnete mas deixou de ser proprietária. Uma coisa é certa, culpados há e provavelmente vários, pois se fosse só um, já alguém tinha posto as cartas todas na mesa.
Mas o que importa neste momento é mesmo recuperar e valorizar o imóvel.