quarta-feira, 15 de abril de 2009

A CAMINHO DA ILHA DE SÃO JORGE

Vila das Velas em São Jorge

Motivos profissionais levam-me desta vez à ilha de São Jorge, aquela que para mim é uma segunda terra nos Açores. Espere continuar a passar aqui pelo blog e manter actualizações, durante a minha ausência, mas a atenção dada durante a minha ausência a este espaço deve ser inferior ao habitual.

Fajã da Caldeira de Santo Cristo na costa norte de São Jorge

Qualquer forma, cá fica uma imagem de áreas por onde deverei andar em algumas operações de reconhecimento de terreno, há mesmo muitas vantagens em viver em ilhas tão belas...

9 comentários:

Tiago R. disse...

Uns dias em São Jorge, com um tempo tão bom... Que inveja!

mb|Weblog disse...

Subscrevo o comentário anterior. :)

Pedrita disse...

que lindo. beijos, pedrita

Os Incansáveis disse...

Que inveja! Trabalhar em lugar tão bonito não é para qualquer um. Bom trabalho e que volte com muitas novidades.
Denise

Anónimo disse...

Aproveita bem esses dias na minha linda ilha de São Jorge (eu sei que também é um pouco tua).
Beijinhos, Fátima.

maugastamanhas disse...

vantagens haverá seguramente mas há também o reverso da medalha, como recentemente aconteceu com um visitante acometido de doença.

geocrusoe disse...

aos vários comentadores
sim, a estadia e o reconhecimento em torno da fajã da foto, foi acompanhado de um excelente tempo pelo que originou um momento de trabalho mesmo agradável, embora um pouco cansativo devido às grandes distâncias percorridas a pé.

ao maugastatamanhas
problemas de saúde e inconveniente assistência não é exclusivo desta ilha, aliás a situação parece ter resultado de má avaliação já depois da evacuação.

Ana Rita disse...

Tenho saudades das idas a S. Jorge em trabalho.

geocrusoe disse...

à ana rita
pois a ilha continua bonita como irei demonstrar em próximos posts