sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

BOM TEMPO NO CANAL AO NASCER DO SOL

Atravessar o canal do Faial com bom tempo, ao contrário do título do excelente livro do grande escritor açorianoVitorino Nemésio, é sem dúvida uma experiência maravilhosa.
O nascer-do-sol por detrás do Pico, a sombra da montanha e o contorno dos relevos , sempre diferentes conforme a nossa posição no canal, fazem-nos entrar num reino fantástico cheio de luz e cores.
Foi o que aconteceu nesta viagem de trabalho, realizada muito recentemente...

11 comentários:

Fiat Lux disse...

É mágica essa montanha :)

José Quintela Soares disse...

Caro amigo, excelente fotografia.
Que saudades!
Que maravilha!

Abraço.

Pedrita disse...

que lindo. eu sinto muita falta de natureza aqui em são paulo. qd há um sol lindo assim os parques ficam lotados de gente, nem dá pra andar. beijos, pedrita

geocrusoe disse...

ao fiat lux
é um autêntico farol mágico no triângulo...

ao josé quintela
pois eu quando a tirei, estava também maravilhado e compreendo que para quem está longe a imagem seja muito mais forte. mas como já disse no passado, este blog também serve para matar saudades da terra aos ilhéus distantes.

à pedrita
eu reconheço que estou rodeado de bela natureza, mar e ar puro nestas ilhas, por isso gosto tanto disto aqui.

Grifo disse...

A montanha do Pico é uma das minhas Tagides. Também costumo de ver o nascer do Sol quase todos os dias... vida de estudante...

Xinando disse...

Esse canal é tão imenso que é capaz de albergar os mais bonitos nascer e pôr-do-sol do mundo!

Ana Rita disse...

Que linda!

geocrusoe disse...

à ana rita
Compreendo-te e certamente as memórias vêm ao de cima.

tomas disse...

não sei se é coisa muito rara
mas num dia de bom dia no canal
a lancha e nós que lá iamos em cima
passámos entre os ilhéus

mas não foi com este magnifico nascer do sol

geocrusoe disse...

ao tomás
não é assim tão raro, é função da altura da maré, das correntes e do estado do mar... raramente as travessias do canal são iguais, mas com bom tempo, são sempre belas.

geocrusoe disse...

ao tomás
não é assim tão raro, é função da altura da maré, das correntes e do estado do mar... raramente as travessias do canal são iguais, mas com bom tempo, são sempre belas.