segunda-feira, 26 de maio de 2008

Património Classificado - IGREJA DE SÃO FRANCISCO

Igreja de São Francisco, cidade da Horta, um imóvel cujo interior já foi aqui abordado, um templo com uma implantação imponente e testemunho da actividade da ordem franciscana no Faial...


Igreja da São Francisco, um monumento classificado e considerado o espaço com melhor acústica para música sacra e erudita na cidade da Horta.

Igreja de São Francisco, um templo fechado, esquecido, sem uso, vidros partidos nas janelas e em degradação contínua... porquê?

ATÉ QUANDO?...

8 comentários:

Pedrita disse...

eu me incomodo muito com bens públicos que ficam fechados. o brasil tb tem desses disparates. beijos, pedrita

Lc disse...

Deve ser até cair, junto com a do Carmo, já são dois monumentos em decadência, parece que ninguém sabe o que fazer com eles.
Porque não fechar um, aos serviços religiosos definitivamente, e lá colocar o museu de arte sacra?

geocrusoe disse...

à pedrita
parece um mal que a cultura lusitana sofre.

ao lc
Não é só isso é também o eterno problema dos proprietários que têm imóveis de grande valor (como a Igreja neste caso) onde a possível falta de dinheiro ou outros investimentos mais lucrativos serve de chantagem mútua: o proprietário não recupera porque não lhe pagam e o estado não paga porque não é dono e não o quer enriquecer... mas qualquer cidadão sabe que era possível criar leis justas, só que incómodas neste tipo de conflitos.

nanda disse...

Partilho da opinião de lc, aliás o património religioso da ilha do Faial está a desaparecer.

Os Incansáveis disse...

É uma pena deixar patrimônios históricos e culturais em agonia. Será que tudo se resume a dinheiro? Não há como a população se organizar e exigir a restauração?
Denise

geocrusoe disse...

à nanda
à preocupação do lc é compartilhada por mim... apenas queria alertar que existe aqui um interesse económico que não se importa com o dever de zelar pelo nosso património.

a os incansáveis
em projectos de grande dimensão, por norma, a população torna-se pouco capaz de alterar a realidade e de lutar contra interesses e ainda existe a indiferença de muitos outros... infelizmente!

Zero' À esquerda disse...

Este imovel não é da Igreja, ja tinha dito uma vez e volto a dizer, pertence à Santa Casa Da Mesiricordia da Horta, que nao possui verbas para tal recuperaçao.

Zero' À esquerda disse...

Misericórdia