sábado, 3 de abril de 2010

PÁSCOA A FESTA DA VIDA


O facto das religiões seguirem também os ciclos naturais, torna de facto normal que a Páscoa seja um hino à vida:
Desde o significado cristão com o triunfo da Vida
Passando pela Primavera onde as flores brotam para gerar vidas
Continuando com o coelho como símbolo da fertilidade
E terminando no ovo, de aspecto inanimado, mas uma vida potencial
Cujas culinária levou ao aparecimento dos folares, amêndoas e ovos de chocolate
Nesta festa tudo louva a força da vida.

Assim, crente ou não crente, aproveitem a Vida que possuem e votos para que tenham uma
Feliz Páscoa

7 comentários:

Miguel Bettencourt disse...

Obrigado, igualmente.

Pedrita disse...

linda orquídea! feliz pascoa. beijos, pedrita

Fernando Martins disse...

Também são votos dos amigos de Leiria, uma santa Páscoa para o Carlos e os que lhe são queridos...!

amg disse...

Obrigado.
Uma Boa Páscoa também para si.

geocrusoe disse...

obrigado a todos

Anónimo disse...

Grande abraço de retribuição,e, como dizes, que continue a ser a FESTA DA VIDA E DE TODOS OS DIAS.
SM+

ematejoca disse...

A Páscoa é, sem dúvida, um hino à vida. A atmosfera da Páscoa está associada à Primavera como a ressurreição de Jesus está associada à ressurreição da natureza - depois de uma longa hibernação.

O famoso "Passeio de Páscoa" de Goethe - Fausto I (903-940) é uma bela glorificação da natureza e da vida.
Leia-o em alemão, porque a tradução está muito antiquada, mas eu não tive coragem de a modernizar.

Aqui também se festeja a Segunda-Feira de Páscoa, que se aproveita para sair ao ar livre e dar como Fausto e Wagner o famoso "Passeio de Páscoa".