segunda-feira, 19 de abril de 2010

IGREJA DO CARMO na HORTA

É sem dúvida um dos imóveis mais imponentes da Horta e uma das fachadas de maior beleza e elegância da cidade.


Um conjunto arquitectónico marcante, mas com importantes sinais de degradação e há muito fechado ao público. Contudo, um espaço com estruturas envolventes cheias de potencialidades.

No aglomerado urbano, a imponência deste templo é ainda realçada: pela disposição em anfiteatro da Horta e pelo contraponto que a altura do seu alçado faz com a vizinha igreja do colégio dos Jesuítas situada a uma cota inferior.
Um edifício fechado à população, cujo interior há já mais de duas décadas não visito. Não me lembro de me ter impressionado pela sua riqueza decorativa, contudo as suas dimensões qualificavam-no como o espaço de grandes potencialidades para o uso público.
Um imóvel que evidencia quanto os poderes políticos e religiosos desprezam o património legado pelos nossos antepassados e vedam ao povo o uso de imóveis que tão úteis poderiam ser.

Para saber mais ou reflexões sobre este templo, consulte este post do blog Horta XXI

2 comentários:

Pedrita disse...

que lindo, eu fico sempre muito triste que espaços históricos fiquem fechados para o público. beijos, pedrita

geocrusoe disse...

Eu também, inclusive revoltado como se viu no post