domingo, 19 de julho de 2009

O AZUL DE JULHO NA RIBEIRINHA 2

(clique para ampliar as fotos)

Neste período estival quando a Ribeirinha se veste com o azul das hortênsias e os internautas apostam mais na praia. Concluo a foto-reportagem de um dos meus passeios favoritos de Julho, pelos Matos na Lomba Grande desta minha freguesia.


Quase sempre com o Pico a espreitar, ora de frente, ora de costas e o recticulado das hortências azuis a formar o cenário típico desta paisagem humanizada.


Claro são pastagens e minifúndios, pelo que os olhos curiosos do gado ou o descanso indiferente de algum bezerro é sempre um encontro bucólico ao longo dos caminhos trilhados.


A ilha de São Jorge nunca deixa de estar em competição com a do Pico, mas claro está, daqui, o que ganha em extensão sobre o mar, perde em altura e proximidade.


O conceito de Triângulo, constituído pelo Faial, Pico e São Jorge, é evidente neste foto, onde depois do recticulado de hortênsias, o farol ilumina o caminho que une estas três ilhas.


Aqui termina a Ribeirinha, além são os pastos do Salão que se unem aos dos Cedros, numa superfície menos acidentada e fotogénica, mas o cenário azul e verde, ponteado por manadas de gado bovino, a apascentar calmamente, prossegue ainda na paisagem por vários quilómetros. É julho no Faial, a ilha azul dos Açores.

12 comentários:

MPMurad disse...

show

geocrusoe disse...

é lindo, não é? Aqui o verde também se encontra com o azul

Luisinha Faxineira disse...

Neste post tão bonito, dizemos obrigado pela ligação. O nosso blog ainda está em fase de experimentação, mas assim que tiver uma lista de links (se é que alguma vez terá), o Geocrusoe será o 1º a ser incluído.

Beijinhos
Luisinha do Metro dos Açores

geocrusoe disse...

Obrigado, cá já consta o metro cá das ilhas...

Pedrita disse...

que lindo. eu vi lady chatterley e a enfermeira fala pra lady pq ela não vai caminhar e q nasceram junquilhos, não sei se é assim q se escreve. q ela pode colher e colocar no vaso. e agora estou lendo um livro q fala exatamente de junquilhos. creio q nao temos aqui no brasil ou conheço por outro nome. sorry, viajei com as fotos das flores. beijos, pedrita

geocrusoe disse...

Junquilhos são uma variedade de narcisos que por normam surgem nos açores espontaneamente no seio dos pastos nos meses de inverno (foram importados pelo homem para jardin)
Aqui tem um link com um poema de florbela espanca sobre junquilhos e uma foto com as flores semelhantes às dos açores:

http://sedapura.blogspot.com/2008/03/junquilhos.html

João Cunha disse...

Incríveis as fotos.

geocrusoe disse...

A virtude é do lugar, não é mérito do fotógrafo.

Tibério Dinis disse...

A segunda foto está brutal!

geocrusoe disse...

Mas ao vivo é bem mais forte... aliás esta zona quando se encontra toda florida é de uma beleza estonteante e impossível de captar numa foto.

Pedrita disse...

obrigada.

geocrusoe disse...

venha sempre...