quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

CONCERTO DE SOLIDARIEDADE

Concerto de solidariedade a favor da família sinistrada do recente incêndio ocorrido na rua Serpa Pinto, na baixa da Horta e destinado à aquisição de bens mobiliários e electrodomésticos perdidos no fogo.

Mais importante que o concerto ou a música é a sua acção solidária para com os afectados com aquele fogo, entretando já realojados. Apoie esta iniciativa com o seu contributo... colabore para suavizar a desgraça desta família e trazer-lhe alguma felicidade e alegria.

10 comentários:

Lc disse...

Fotografia fantástica, no post anterior, a do Pico visto da boca da ribeira. Tá mesmo excelente.

Rui Luis Lima disse...

Caro Geocrusoe
São estes pequenos gestos, que iluminam a vida dos que perderam tudo.
Abraço solidário
Paula e Rui Lima

Pedrita disse...

eu gosto de utilizar a cultura para ajudar as pessoas. não acho que deve ser sempre assim. a música tb ajuda a alma. mas é uma boa ação. beijos, pedrita

José Quintela Soares disse...

Só é pena que num país "da Europa", em pleno século XXI, ainda tenha de ser a caridade pública a colmatar brechas que as instituições oficias deveriam suportar.
Mas se ficarmos à espera delas....

LB disse...

Não se pode esperar que sejam sempre as autoridades a resolver tudo. E é muito bom ver que a sociedade faialense não está tão concentrada no seu umbigo quanto por vezes parece. Com mais iniciativas assim, a vida seria mais fácil para todos!

geocrusoe disse...

ao lc
o sítio ajuda, apenas seleccionei o enquadramento.

ao rui luis lima
sem dúvida e eu já fui sinistrado sei bem o que tal representa na vida de uma pessoa.

pedrita
a cultura é uma forma de expressão artística, umas vezes põe-se ao serviço dos prazeres da alma, outras ao serviço dos deveres das almas e assim cumpre plenamente o seu papel social.

ao josé quintela soares
julgo que nenhum estado cobre todos os problemas sociais, muito menos aqueles que resultam de catástrofes ou acidentes e julgo que o ser humano deve mesmo chamar a si actos de solidariedade e pequenos gestos que colmatem as lacunas do sistema oficial, que tem de ser muito mais generalista e não pode estar preparado para todas as particularidades de cada caso individual.

à lb
concordo, aliás eu próprio, quando do sismo de 98, como sinistrado fui apoiado por actos de sociais de estados (portugal, japão, canada, etc) e de portugueses de todo o país e comunidades de emigrantes. por isso dou grande valor à solidariedade

Grifo disse...

Olá!

Nomeie-te para blog de ouro... :)

mb|Weblog disse...

Foi meu professor de economia no liceu e um dos poucos que sabia como cativar os alunos na sua sala de aula.
Os meus sinceros cumprimentos ao António Bulcão.

Periquito disse...

Estive lá e, para mim, foi, por tudo o que ela envolveu, uma noite memorável.
Parabens ao Bulcão pelos 50 anos de vida.
Parabéns também pelo naipe de excelente artistas que lá actuaram
E parabens ao geocruse por divulgar estes simples mas marcantes gestos de solidariedade.
Afinal, sempre se faz alguma coisa e de últil na nossa ilha.

geocrusoe disse...

Por ter mais dois actos além deste concerto para participar em simultâneo, optei por comprar o meu bilhete, tendo em conta a solidariedade, mas não estive presente, mas gostava de ter ouvido.