segunda-feira, 29 de outubro de 2007

CAPELINHOS - O fim da Ilha Nova

Após mais de um mês de erupção vulcânica tipo Surtseyana, do nascimento e crescimento da Ilha Nova e de o homem a ter visitado, explorado e colocado nela a Bandeira Nacional, eis que na noite de 29 de Outubro, "quando a erupção parecia ter acabado, a ilhota submergiu-se quase totalmente".
Restos da Ilha Nova no fim de Outubro, os relevos salientes correspondem aos ilhéus dos Capelinhos.

Assim, aquilo que os Capelinhos construiram num mês, praticamente foi destruído numa noite, mostrando aos Faialenses e aos cientistas a capacidade que este vulcão tinha em surpreender quem o estudava!
[citação entre aspas e foto, extraídos de Machado, F. e Forjaz, V. H. (1968) "Actividade Vulcânica do Faial - 1957-67" Ed. Com. Reg. Turismo Distrito da Horta]

Sem comentários: