quarta-feira, 24 de outubro de 2007

40 ANOS DE PARTIDA - 40 ANOS DE CHEGADA

Há 40 anos deixei a minha Terra,
My Home and Native Land...
Há 40 anos tiraram-me de uma Terra com democracia, dinheiro, tolerância e progresso.
Há 40 anos cheguei à minha Pátria,
País de Nobre Povo, Nação valente...
Há 40 anos colocaram-me numa Pátria com ditadura, pobreza, conservadorismo e atraso.
Há 40 anos que não deixei de amar a Terra que me viu nascer.
Há 40 anos que passei amar a Pátria que me acolheu.
40 anos de dúvida
partir...
ficar.
40 anos de divisão entre a Terra e a Pátria,
40 anos que sei
que não sou de cá...
que não sou de lá...
sou de cá e lá.
40 anos que não sei o que seria sem esta Partida...
sem esta Chegada.

4 comentários:

Melões Melodia disse...

Realmente e nisso que nos tornamos, gente daqui e dali, mas afinal de nenhum lado mas de todo.
abraco

Ana Rita disse...

O que é espantoso é a quantidade de pessoas que sentem assim.

urbanobett disse...

João Teixeira de Medeiros nasceu em Fall River, aos 8 anos veio para S. Miguel, terra dos pais; regressou aos EUA com 29 anos para morrer lá em 1995. E escreveu: "Parte sem saber se chega,/ Chega sem saber se está;/ Quando está já não sossega,/ Não sossega cá nem lá."

geocrusoe disse...

Ao melões e melodia e à ana rita
Obrigado por comentarem, mas sobretudo por compreenderem e por contribuírem para me sentir melhor com a trocas de ideias.

ao urbanobett
Não conheci João Teixeira de Medeiros, mas como compreendo as palavras que deixou aqui... obrigado.