segunda-feira, 29 de agosto de 2011

HORTA COLORIDA

Gosto de cidades brancas a brilhar ao sol, tal como gosto de cidades com cor que se mantêm vivas com um céu nublado e não se tornam berrantes em dias de muita luz.
Eis, uma rua da Horta que além de contrastes de arquitectura de várias épocas, respeita os princípios acima expostos, onde o cinza é da tradicional pedra à mostra e da montanha do Pico ao fundo, mas não forjado num gabinete da administração pública dos anos pós 1980, que ostensivamente se alastrou desde então e que agora dá sinais de retrocesso.

2 comentários:

Miguel Bettencourt disse...

Esta fotografia despertou-me a vontade em ir fazer uns disparos à Horta.

geocrusoe disse...

Serás bem-vindo e a minha casa de quarto de hóspedes e há ângulos bem sugestivos.