sexta-feira, 8 de abril de 2011

PRIMAVERA E NEVES DE ABRIL NO PICO


Estamos em plena Primavera e a montanha do Pico continua a exibir o seu manto de neve entre as nuvens justificando o frio que persiste ficar, apesar do muito apregoado aquecimento global.

Na verdade estamos formatados por livros escolares e mídia do Continente, que divulgam ideias climáticas diferentes da realidade destas ilhas em pleno Atlântico Norte.

Em virtude das variações térmicas dos oceanos serem mais lentas que as do ar e terra, o clima dos Açores sofre um efeito moderador das águas marinhas.

Assim, além das amplitudes térmicas anuais e diárias serem menores que no Continente, há mesma latitude, também há um atraso nos meses com as médias das temperaturas mais altas e mais baixas do ano. O aumento do número de horas diurnas e o seu efeito no aquecimento apenas se começa a sentir quando a Primavera já vai avançada e os calores extremos que acompanham os santos populares em Lisboa, os Açorianos sentem-nos lá mais para Agosto, quando da maioria das festas municipais de Verão.

Devido ao mesmo efeito regulador do oceano, o provável aquecimento global verificar-se-á nos Açores mais pela subida das águas do que por uma significativa variação térmica, outra especificidade da nossa Região.

6 comentários:

Pedrita disse...

aqui estamos em outono com um sol lindo. beijos, pedrita

Fernando Vasconcelos disse...

O Pico fascina-me ... creio que já lhe disse isso mas não faz mal repetir

geocrusoe disse...

@Pedrita Mas aí na cidade o efeito do mar será mínimo e estão mais próximo dos trópicos do que nós.

@Fernando Pode repetir à vontade, eu até já repeti numerosas vezes fotos da montanha do Pico pelo mesmo motivo.

Fernando Martins disse...

Carlos:

Sentiu o sismo?

http://geopedrados.blogspot.com/2011/04/sismo-nos-acores.html

geocrusoe disse...

Não... e deveria estar calmamente sentado diante deste portátil, por isso estranho a intensidade IV na Ribeirinha.

Fernando Martins disse...

Os continentais são uns exagerados (LOL). E isto de ter um Instituto de Meteorologia português que trabalha na área da sismologia e geofísica sem ter referência a isso no nome dá nisto...