sábado, 23 de abril de 2011

Dia Mundial do Livro - 23 de Abril

Mantendo o hábito dos últimos anos neste blogue, comemoro o dia mundial do livro apresentando o que de melhor li ao longo do último ano.

Melhor Livro de Literatura Portuguesa

Um livro diferente, uma prosa escrita em verso como uma epopeia moderna de um português que se contrapõe à antiga do povo lusitano nos Lusíadas. Um magnífico texto criativo cheio de frases plenas de significado com mensagens subjacentes que se pode tornar numa fonte de citações. Um espaço onde se cruzam a ironia e a frontalidade, a bondade e a maldade, a esperança e o desespero que acompanham a vida de um homem em todas as suas vertentes. Um livro que ficará para a posterioridade da literatura mundial como uma obra-prima.

Melhor Livro de Literatura Canadiana

Num ano em que pouco livros canadianos li, optei por este já traduzido por ser um encadeado de estórias em torno de uma mesma família de emigrantes portugueses no Canadá. Premiado como a melhor das primeiras obras de escritor, mostra muitas das realidades associadas à esperança, desilusões, nostalgia e enraizamento na terra de acolhimento que muitos daqueles que saíram da sua pátria enfrentaram no mundo novo que adoptaram como seu. Apesar de toda a minha vida ter sido diferente, muitas das sensações que resultam da leitura desta obra despertaram memórias da minha infância no meu País natal. A tradução indicia que o tradutor não conhece a realidade dos Açores, por isso seria recomendo o texto original.

Melhor obra Literária global

Hesitei em repetir "Uma viagem à Índia" ou colocar este grande clássico da literatura germânica. Optei por este apenas porque é também uma obra-prima e com um texto em formato muito mais convencional para quem gosta de romance mas não se sente bem em experimentar novas formas de escrita literária. Grande em tamanho e qualidade, cheio de discussões sobre princípios que norteiam a humanidade e a sociedade ocidental é um livro para se ler por prazer e para reflectir com preocupação.

4 comentários:

Enaldo disse...

Não sabia desta data importantíssima. Vou comemorar amanhã no meu blog. Eu sou muito grato aos meus livros.

geocrusoe disse...

Ainda bem que foi útil esta mensagem.

Pedrita disse...

eu amo a montanha mágica do thomas mann. fiquei com vontade de ler o primeiro que mencionou. eu estou lendo a ilha sob o mar da isabel allende e amando. coincidentemente falei de livro no meu blog e nem lembrei do dia do livro. beijos, pedrita

geocrusoe disse...

Recomendo "Uma viagem à Índia", mas é uma obra totalmente diferente do habitual...