domingo, 13 de fevereiro de 2011

Reflexões literárias 1


Tive um certo talento para a amizade, mas nunca tive amigos, quer porque eles me faltassem, quer porque a amizade que eu concebera fora um erro dos meus sonhos. Vivi sempre isolado, e cada vez mais isolado, quanto mais dei por mim.

Fernando Pessoa

1 comentário:

Fernando Vasconcelos disse...

Hum,Fernando Pessoa no seu melhor. Lógico e paradoxal ao mesmo tempo.