sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Semana do Mar - Vela: Passeio em Bote Baleeiro

Apesar da mística baleeira, de ter conhecido homens da baleação, de viver numa ilha onde as tradições associadas ao mar marcam a nossa vivência, nunca antes tinha navegado à vela.
Este ano decidi aproveitar os passeios organizados pelo Clube Naval da Horta em bote baleeiro destinado a todo os interessados em experimentar a sensação de andar nestes barcos que marcaram a nossa história.

Acolheu-me o bote "Nossa Senhora do Socorro" da freguesia vizinha do Salão, num dia de vento relativamente forte e com alguma ondulação, os quais combinados impediram aventuras fora da baía do porto da Horta.

Contudo, estas condições possibilitaram experiências mais fortes e ter uma pequena amostra do que seria a luta dos baleeiros com o vento e o mar, agora apenas por prazer e sem a necessidade do escasso ganha-pão de então.

As emoções começaram logo com a sensação de fragilidade do barco, com a sua instabilidade ao agitar das águas, com as manobras para içar as velas, com o manejo destas e com a proximidade à água.

O prazer intensificou-se com as movimentações apressadas de todos para compensar as inclinações dos barcos devido à força do vento nas velas e com os diálogos dos envolvidos na operação cheios de termos técnicos que criam uma gíria incompreensível.
A adrenalina sobe ainda mais com a necessidade de atenção para se evitar ser-se batido pela retranca, apesar da obediência às ordens do homem do leme ao executar as mudanças rápidas de direcção.

O deslizar rápido ao som do vento nas velas é sem dúvida fonte de um prazer diferente de todos os antes experimentados e impossível de esquecer, uma mistura de ansiedade e calma indescritível.

Só para experimentar isto vale a penas vir à Semana do Mar, mas a isto ainda se junta a beleza do canal, com a Cidade-mar da Horta exposta sem qualquer pudor à baía e com o Pico na outra margem a concorrer em beleza.

É por isto que, independentemente da programação desta festas, a Semana do Mar, além de ser o maior festival náutico de Portugal, tem uma mística que nenhum outro evento se lhe compara, e esta actividade de passear em bote baleeiro adquiriu um novo fã.

5 comentários:

César disse...

Esses passeios são uns verdadeiros espectáculos.Também por aqui se faze alguns,pelo menos vai-se tentando mantera cultura baleeira em dia.

Xinando disse...

Experimentei há alguns anos, também na semana do mar, e é simplesmente espectacular, desde a azáfama que se impõe aos "visitantes", muitos dos quais pensavam que seriam apenas passageiros, até à velocidade atingida e à movimentação constante borda a borda. Momento inesquecível.

geocrusoe disse...

Pois eu gostei tanto, que penso repetir logo que me seja possível.

Pedrita disse...

eu já viajei para várias praias, mas igualmente não viajei de barco. beijos, pedrita

geocrusoe disse...

Pois aproveite e faça e experiência num pequeno barco à vela, verá que é emocionante.