quarta-feira, 3 de março de 2010

POETAS LUSÓFONOS 2 - Cabo Verde

Hévea - Imagem daqui


Manhã inflor

as héveas murcharam
desertas de folhas
desertas de flores

propositadamente
nem só o sangue mas também a seiva
nem só a criança mas também a pétala
nem só o homem mas também a planta
nem só a carne mas também a lenha
propositadamente

tudo o hamadricida flagelou

a beleza da flor
a inocência da criança
a certeza dos campos
o aconchego duma sombra

mas nos covis a vida continuou
e o apelo à luta redobrou

as héveas murcharam
e com as héveas
a manhã inflor
a terra nua

mas ainda a vida
nos covis continua

Oswaldo Osório


Glossário Luso (http://priberam.pt)

Hévea - Género de plantas euforbiáceas a que pertence a seringueira ou árvore-da-borracha.

Hamadríade -Ninfa dos bosques que nascia e morria com uma árvore que lhe estava votada, e na qual a supunham encerrada (http://priberam.pt)

3 comentários:

Rui Luís Lima disse...

Caro Geocrusoe
A lusofonia possui um mundo imenso de poetas, que fazem da língua uma arte maravilhosa.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

ematejoca disse...

Nunca tinha ouvido falar do Oswaldo Osório. Gostei do poema, e concordo com Rui Luís Lima, quando diz, que a lusofonia "possui um mundo imenso de poetas, que fazem da língua uma arte maravilhosa."
Os meus conhecimentos reduzem-se à poesia de Portugal Continental, ficando muito agradecida por me dar a conhecer outros poetas da nossa língua.

Já tive uma àrvore-da-borracha como a da fotografia. Foi um presente da minha sogra, que adorava e tinha diversas dessas plantas. Quanto à Hamadríade também já ouvi falar, mas só me lembro vagamente dessa lenda.

Sob o ponto de vista meteorológico, a primavera inicia-se exactamente no dia 1º de março: pode explicar-me esta afirmação, Geocrusoe?

geocrusoe disse...

@Rui Luís Lima
Concordo perfeitamente.
Embora por vezes alguns olhem apenas para os seus compatriotas, limitando-se assim ao olhar o seu umbigo, e outros são incapazes de se maravilhar com os da sua língua.

@ematejoca
Pois eu também não, esta é uma consequência da globalização na net, podemos de repente descobrir maravilhas por esse mundo fora sem sair de casa.
Pois sempre que o poema tiver vocábulos ou tradições locais, farei uma espécie de posfácio a dar informações complementares como o fiz agora.
Sob o ponto de vista meteorológico podem os investigadores por questões de simplificação estatística alterar as definições de outras ciências como a astronomia.
Assim astronomicamente a Primavera começa com o equinócio e tem uma precisão matemática.
Sob os ponto de vista estatístico, por norma, os dados são muitas vezes trabalhados pelos serviços oficiais ao mês, por isso é normal que o clima, cuja a base é essencialmente estatística, se harmonize com os fornecedores estatísticos e utilize o dia 1 do mês, mas não posso precisar que o façam sempre em todos os casos.