domingo, 21 de dezembro de 2014

"Mataram a Cotovia" de Harper Lee

"Mataram a Cotovia" de Harper Lee, é um livro ao estilo de memórias da infância de uma menina que vai descobrindo os contrastes entre a população da sua pequena cidade no Alabama, marcada pelo racismo e o segregacionismo, e o comportamento do seu pai, advogado, viúvo cheio de valores humanos e defensor da equidade de todas as pessoas, que procura incutir de forma inteligente estes valores nos seus filhos.
O objetivo do progenitor poderia ser conseguido sem sobressaltos não fosse ele nomeado defensor de um negro contra uma acusação de um homem branco pertencente a uma família desestruturada de valores, passando então o advogado a lutar pela justiça, contra o preconceito social e ainda na garantia da proteção dos seus filhos nesta tempestade.
O romance, embora relatado pela mente de uma criança, tem uma escrita muito poética e os valores vão sendo descobertos de uma forma progressiva e até mesmo a crítica ao comportamento coletivo é temperada pelo bom senso, compreensão e exposição de algumas pessoas que educam a protagonista, sobretudo o pai. O livro é uma obra prima, marcante e foi prémio Pulitzer de 1961 e de facto é uma obra maravilhosa que recomendo a todos.

7 comentários:

Miguel Jerónimo disse...

Carlos, aguçou a minha curiosidade a respeito deste livro. Parece-me muito interessante e marcadamente bondoso. :)

Pedrita disse...

anotadíssimo. beijos, pedrita

Carlos Faria disse...

Pois Miguel, lê que depois verei o que escreverás.

Carlos Faria disse...

Recomendo Pedrita

Os Incansáveis disse...

Oi, Geocrusoé
Li este livro em inglês, To Kill a Mockinbird, e vi o filme 2 vezes (com o excelente ator Gregory Peck). Aqui, a tradução é "O sol é para todos".
Feliz Natal!
Denise

Carlos Faria disse...

Pois aí um título é ainda mais diferente do original que por cá, mas de facto é uma excelente obra, não vi o filme.

Manuel Cardoso disse...

Uma obra prima, sem dúvida. Um dos livros da minha vida.
Sublime pela sensibilidade, pela poesia, pela arte...