domingo, 16 de novembro de 2014

"Mar Morto" de Jorge Amado

Jorge Amado em "Mar Morto" expõe a vida arriscada e miserável dos homens do mar ligados ao saveiros de São Salvador que uniam pela água as cidades na baía de Todos-os-Santos e do rio Paraguaçu nos anos de 1930. O romance é escrito de forma poética e destaca o sofrimento das mulheres destes homens devido à grande incerteza de garantias do seu futuro e dos seus filhos devido à grande probabilidade de perda dos seus maridos no mar.
O escritor utiliza o amor entre Guma, saveireiro, e Lívia, criada na cidade, para intensificar esta realidade e evidenciar os contrastes entre os pobres do bairro do porto e certos exploradores urbanos.
O livro vale muito pela forma poética do texto e também pelo retrato social, pois que a trama não tem a força de outras obras maiores passadas do autor neste Estado da Bahia, mas a obra dá imenso prazer à leitura devido à riqueza literária da sua prosa. Gostei e recomendo.

6 comentários:

Denise disse...

Olá :)

Mais um livro para colocar na lista!

Beijinhos e boas leituras

Carlos Faria disse...

Penso que irá gostar.

Pedrita disse...

eu quero muito ler esse. bela capa. beijos, pedrita

Carlos Faria disse...

Nesta caminhada de literatura brasileira este foi o texto mais poético.

Os Incansáveis disse...

Jorge Amado é um escritor maravilhoso e Mar Morto um de meus livros prediletos. Ótima escolha!
Denise

DIARIOS IONAH disse...

Faz muito tempo que li Mar Morto; na época li também Jubiabá, que creio era o livro do Jorge Amado que eu mais gostava....