domingo, 5 de fevereiro de 2012

Corte geológico e princípios estratigráficos

Pelo princípio da sobreposição em estratigrafia os sedimentos mais recentes formam leitos que se depositam por cima dos estratos mais antigos e embora as rochas vulcânicas não tenham uma origem igual à das sedimentares, frequentemente, por gerarem camadas, respeitam muitas vezes este princípio.
Junto ao porto de Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, é possível observar numa parede, resultante provavelmente de escavação humana, um antigo cone de escória vulcânica (avermelhado) que esteve exposto ao ar e se cobriu por um solo (ocre) e onde todo o conjunto foi posteriormente soterrado por escoadas mais recentes (cinzentas).
O princípio da interseção refere que é mais recente uma estrutura que corte de que a que é cortada e na imagem é possível também observar que tanto o cone, como o paleossolo e ainda as escoadas lávicas são todos cortados por filões verticais, sendo por isso este últimos: as formações mais jovens de todas.

Pormenor do filão situado no centro da foto acima

Aplicar os vários princípios estratigráficos é fundamental para a interpretação e compreensão da história geológica de muitos locais onde se encontram formações rochosas que se apresentam sob a forma de camadas.

Para conhecer os vários princípios estratigráficos, muitos deles enunciados há mais de 300 anos por Nicolas Steno, consulte esta lista.

Sem comentários: