sábado, 1 de outubro de 2011

Dia Mundial da Música - músicas do meu ano

Já me apercebi que com o passar do tempo os meus gostos vão variando, não porque deixe de apreciar uma dada obra, mas porque vou descobrindo coisas novas, alterando "sabores" e todos os anos há músicas que se destacam, ao longo de 2011 têm sido estas as minhas preferências:

Segundo andamento em mi menor do Trio n.º 100 de Schubert (noutra interpretação mais rápida e com menos sentimento de cinema)


O fascínio por Gluck cresceu este ano, não porque seja menos wagneriano, mas porque a clareza e sensibilidade deste compositor me tocou, aqui canta uma deusa que viveu na terra uma das árias para mim das mais bonitas de toda a ópera


Arrasta-se já há vários anos a Canção da Terra de Mahler, não sei se por ser geólogo, se por estes acordes que tocam a dissonância de uma forma tão sensível e dolorosamente bonita, mas não resisto a este conjunto de seis poemas orientais cantados, ficando aqui este Solitário no Outono...


e para choque de muitos melómanos, um contraste absoluto... um grupo de heavy metal que desde jovem me acompanha em muitos momentos da vida: Iron Maiden

<
Disfrutem a música, sem dúvida uma dádiva divina que torna a vida mais bela

4 comentários:

Fernando Vasconcelos disse...

Mahler ... amanhã se quiser tem em a primeira sinfonia na net em directo de Berlim pela sinfónica da cidade dirigida por Zubin Mehta, custam 10€ um acesso de 48h ... um pouco caro para uma transmissão vista pela net mas pode valer a pena ... a sinfonia dos mil valeu :-)

geocrusoe disse...

A esse preço prefiro ao vivo, mas obrigado na mesma, pode ser que alguma vez seja mesmo a única alternativa, assim prefiro aguardar por algum concerto quando me chegarem as férias

Miguel Bettencourt disse...

Quando se pensa na Escandinávia, pensa-se quase automaticamente nos Vikings. Mas a verdade é que existe outro povo que sempre coexistiu com os vikings mas cujo "marketing" é menos eficaz, pelo que é menos conhecido. Säo os Lapões. Os seus pregaminhos culturais nada têm a ver com os dos vikings, mas a riqueza da sua cultura é no mínimo do mesmo nível. Fica aqui um "cheirinho" do que temos andado a perder: http://www.youtube.com/watch?v=kprl0CECykA

Um abraço, também musical, neste Dia Mundial da Música.
- m

geocrusoe disse...

Obrigado pelo vídeo, os Lapões são os irmãos culturais dos Inuits do Canada, conhecidos pelo povos meridionais como esquimós (para eles é ofensivo).
Apesar de conhecer a opera de Oslo e conhecer música norueguesa, desconheço de todo a música dos Lapões e inclusive do Inuits.
Pelo menos esta valeu.