quarta-feira, 15 de junho de 2011

Paisagens da Ribeirinha 4 - o velho e o novo Farol

A terminar a série sobre as paisagens desfrutadas na Pontinha com fotos tiradas este ano, fica um novo ângulo (mais deprimente) do imóvel que foi o orgulho da Ribeirinha e é o seu símbolo central do brasão da freguesia, é o que resta hoje da sua destruição pelo sismo de 9 de Julho de 1998...
Infelizmente, o farol da Ribeirinha está presentemente limitado àquele mastro encimado por um lâmpada alimentada por um painel solar...
Moderno... sem dúvida!
Ecológico... com certeza!
...Mas sem a beleza e o fascínio dos outros tempos!

o que para um Ribeirinhense dói!...

3 comentários:

Pedrita disse...

pode até ser um ângulo deprimente, mas continua lindo. beijos, pedrita

Random disse...

Quem o viu e quem o ve... realmente tambem me doi um pouco ver o farol desta maneira, tenho tantas boas recordacoes de em criance la ir brincar com os amigos que la viviam... E quando nos deixavam la subir acima, sentiamo-nos tao privilegiados...

geocrusoe disse...

@Random Pois é, todos nós tínhamos colegas da escola e catequese que nos mostravam aqueles cantinhos e nos alertavam para não tocar no corrimão que brilhava de tão polido que estava e cá da nossa zona nos dias de vento favorável ouvíamos o motor a trabalhar e os focos de luz a baterem no mato... saudades