quarta-feira, 4 de junho de 2008

REGRESSO E O PÓS-REFLEXÃO

Após o dever de trabalho cumprido... eis que começa a viagem de partida de Ponta Delgada, em São Miguel...


para o regresso à Horta, no Faial.

Novamente pronto para recomeçar o trabalho e... com o bichinho do blog a morder cá dentro.

Espero, muito rapidamente, recomeçar a actividade desta página, até porque o período de reflexão, os comentários inesperados recebidos durante conversas em Ponta Delgada e a participação dos visitantes no inquérito e nas marteladas, demonstraram que afinal Geocrusoe deve continuar, talvez com uma frequência de actualizações menor... mas, independentemente da velocidade... o importante é seguir em frente.

7 comentários:

pedrita disse...

há pessoas que atualizam os seus blogs semanalmente. é uma idéia. beijos, pedrita

José Quintela Soares disse...

O geocrusoe já faz parte dos hábitos.

Em frente, pois!

Anónimo disse...

FORÇA para continuares,O teu blog já faz parte da nossa vida.

Ana Rita disse...

É uma boa decisão

Xinando disse...

Quando um blogue tem o número de visitas que este tem, principalmente devido ao interessante conteúdo que tem, deve ser actualizado com a seguinte frequência: o maior número de vezes possível.
Claro que o ritmo tem que ser imposto pelo blogger e não pelos leitores, e seja ele qual for, será aceite.
Força.

Melões Melodia disse...

Fico feliz por confirmar a continuidade deste cantinho tao curioso, interessante e diferente. Mas nao esperava outra coisa.
Um abraco.

geocrusoe disse...

Confesso que a intensidade de trabalho e as actividades pessoais tornam-me a escrita frequente difícil de suportar, mesmo que não faça tratados e análises do texto, que é expontâneo, com uma ou outra correcção posterior.
Também é verdade que o meu acervo de fotos é composto, na sua grande maioria, por imagens do Faial, só me tornei "fotógrafo" com o geocrusoe. Nas minhas deslocações de trabalho, o tempo disponível e o transporte não permitem cobrir muitos outros aspectos interessantes da geologia dos Açores, e o Faial, no essencial, já foi aqui exposto.
Apesar de tudo, o número de visitas tem continuamente aumentado, não tanto os comentários, e isso levou-me a pensar na possibilidade de terminar com a manutenção de novos post, ficando o blog como um livro aberto na net para os interessados no tema, mas onde existe um fim.
Não era uma decisão fácil, pois os contactos aqui criados e os amigos que aqui passam, fizeram que Geocrusoe deixasse de estar isolado como o Robison e voltar a isolar-me também não era a perspectiva mais agradável.
Por tudo isto decidi partilhar a dúvida e ouvir o outro lado... o primeiro post já aí está, outros seguir-se-ão, a frequência... essa poderá reduzir-se de vez em quando.
Obrigado a todos