domingo, 1 de junho de 2008

QUE FAZER COM ESTE BLOG? Inquérito

Nos últimos tempos tenho-me interrogado sobre o que fazer com este blog. Nascido acidentalmente há mais de um ano, quando apenas queria colocar uma mensagem num outro blog. Desde então, Geocrusoe tomou corpo e cresceu, aqui partilhei as minhas impressões, gostos e saberes, enquanto o espaço se tornou cada vez mais visitado, sobretudo por lusófonos espalhados pelos vários continentes.

Uma vez que profissionalmente me desloco a Ponta Delgada nos próximos dias, julgo ser o momento de dar a palavra aos visitantes de uma forma diferente. Sei que destes alguns são conhecidos e trocam impressões comigo aqui e fora deste espaço, outros tornaram-se amigos e companheiros da blogosfera e comentam as mensagens aqui deixadas, alguns solicitaram a disponibilidade de textos e fotos para a sua vida, mas a maioria continua desconhecida e aqui passam com uma frequência variada ou por acaso e sem uma palavra.

Assim, decidi ouvir e conhecer um pouco mais quem aqui me visita. Porque vem, o que procura e o que gostava de encontrar mais? Não direi que Geocrusoe ficará à medida dos leitores, numa versão de mensagens a pedido. Continuará a ser a minha página, com as minhas impressões como geólogo que gosta de ciências, de artes e de trocar ideias e saberes, a partir de uma ilha bela e cosmopolita, embora já não tão isolado, mas adequar as conversas aos interesses de ambas as partes também é positivo e fortalece a união.

O inquérito não permite conhecer o autor das respostas, pelo que pode participar e continuar incógnito, para qualquer identificação ou outra pormenorização continua disponível o cantinho das marteladas por baixo do post, aberto e sujeito à minha moderação, caso se torne necessário perante alguma pancada em desrespeito às tradições deste blog. PARTICIPE!

12 comentários:

RJ disse...

Este espaço pode ser encarado com um blogue pessoal, onde a geologia é o tema principal. Sou da opinião que um blogue deve ter um ou dois assuntos aos quais se dá mais destaque e penso que o facto do GEOCRUSOE conter referências culturais só o torna mais apetecível.

Claro que votei na parte mais científica. Como profissional da mesma área com uma lacuna algo significativa em maciços vulcânicos acompanho os posts de geologia do Faial com grande interesse.

Pedrita disse...

eu gosto muito de conhecer um pouco da história do seu país e da região em que vive. e acho interessante as explanações geológicas da região. beijos, pedrita

JCARLOS disse...

pois eu como é do conhecimento do geocrusoe, procuro novidades sobre o nosso lugar e tambem sobre geologia pois, isto por ca teima em tremer... e eu pessoalmente nao fico satisfeito com isso. Mas é assim tem de ser foi onde escolhemos viver..., quanto ao blogue que continue a divulgar e a crescer.

nanda disse...

Penso que, deve fazer o que lhe der mais prazer.
Abraço

serebelo disse...

Da minha parte, cá venho para saber daí. É para recordar, não tanto para aprender algo sobre geologia, ou qualquer outra coisa. No entanto, acredito que sou um caso isolado, um outlier do teu espaço. Abraço continental.

serebelo disse...

Da minha parte, cá venho para saber daí. É para recordar, não tanto para aprender algo sobre geologia, ou qualquer outra coisa. No entanto, acredito que sou um caso isolado, um outlier do teu espaço. Abraço continental.

Lc disse...

Continuar o excelente trabalho, até aqui realizado, se nos mesmos moldes, melhor ainda, se existir mudanças, tenho a certeza que irá manter o mesmo nível.
Um abraço.

Fernando Martins disse...

É um excelente Blog insular de Geologia - para mim é esta a área que mais aprecio nele...

Anónimo disse...

Faz o que quiseres com este blog (por mim, podes continuar neste caminho), mas não acabes com ele!

Bjs. Renata

Os Incansáveis disse...

Desde a primeira visita venho me surpreendendo com as informações daí. Gosto muito também de geologia e da parte cultural.
Denise

Melões Melodia disse...

Por mim como esta, esta muito bem. Geologia ao alcance de todos, arte e um conhecimento e preocupacao com esse cantinho de Portugal que ainda nao conheco.
Abraco

geocrusoe disse...

Obrigado a todos os que participaram até aqui. Efectivamente, a hipótese de parar com as actualizações esteve em cima da mesa e dei-a a conhecer a alguns...
O facto de aparecerem tantos visitantes que mostram que a geologia lhes interessa, sendo alguns deles ligados profissionalmente à área, dá-me ânimo; o facto de alguém em Ponta Delgada, inesperadamente, me ter dito que esta página lhe era útil, deu-me muita força; os numerosos conhecidos que se referiram a esta página, alguns deles nem sabia que a visitavam, foi outro incentivo; e, tenho de reconhecer, que quando alguém me falou que as referências culturais demonstravam que eu aproveitava a vida, foi mais uma pedrada no charco.
Saber que esta página divulga os os açores que adoro é sem dúvida importante.
Mas fundamental mesmo, talvez sejam as redes de amizade e de trocas de conhecimento aqui geradas.