terça-feira, 22 de agosto de 2017

"Terra de Neve" de Yasunari Kawabata


Acabei de ler o pequeno romance ou novela, "Terra de Neve" do escritor japonês e vencedor do prémio Nobel da literatura Yasunari Kawabata. 
A obra narra uma relação amorosa entre um homem casado de Tóquio, sensível, estudioso de teatro, música e dança que visita anualmente uma termas de montanha na época da neve, aonde vai mantendo uma ligação com uma gueixa que por ele se apaixona, igualmente culta e sensível.
A estória é descrita com metáforas originais para um ocidental, onde a pureza envolvente desta terra de neve, misturada com a loucura deste amor sem futuro de uma pessoa singular, levam à criação de um texto literário com imagens e referências de grande beleza poética e cores que lembram um quadro nipónico original, entretanto, vão sendo destiladas informações do estilo de vida oriental, alguns dos seus costumes, arquitetura, mobiliário e até tecidos japoneses.
Gostei e é sem dúvida um texto que permite o encontro e compreensão de culturas oriente no ocidente, com uma fórmula que para mim é única até ao momento, apesar de não ser uma simples narrativa ou com um tom a que estejamos habituados nestas culturas dos continentes que bordejam o Atlântico.

5 comentários:

Kelly Oliveira disse...

Olá Carlos.

Nunca li nada de literatura japonesa, mas é algo que quero fazer... quando não sei rs.

Ler resenhas como essa me fazem lembrar disso.

(Os Russos eu já estou enfrentando, li "A Dócil" do Fiódor Dostoiévski e agora estou a ler "Crime e Castigo" do mesmo.)

Abs.

Carlos Faria disse...

São estilos bem diferentes, não só porque a mentalidade e a cultura base russa é cristã, como a religião e mentalidade nipónica é totalmente diferente, basta pensar que uma gueixa no ocidente, mesmo sabendo tratar-se de uma dama de companhia culta obrigatoriamente nunca deixará de ter uma imagem má enquanto no Japão é uma referência de tradição.
Contudo sou mesmo fã de Dostoievski

Pedrita disse...

ah, esse eu li como país das neves. é muito delicado mesmo esse livro. gostei demais. a capa do seu é igualmente linda como a q li.
o post foi aqui http://mataharie007.blogspot.com.br/2008/05/o-pas-das-neves.html

Pedrita disse...

ah, falei de livro tb no meu blog.

DIARIOS IONAH disse...

Sim esse para nós brasileiros é O PAIS DAS NEVES. Eu li quase toda a obra do Kawabara, na lingua portuguesa, faltando apenas um ou dois. Eu adoro os escritores asiáticos, são os meus preferidos.