sábado, 28 de setembro de 2013

"O carteiro de Pablo Neruda" - Antonio Skármeta

Uma pequena e ternurenta estória de um jovem que teria sido carteiro de Pablo Neruda, da sua amizade que com este desenvolveu, do nascer da sua paixão quase adolescente mas cuja sobrevivência e amadurecimento acontece com o apadrinhamento do poeta.
A escrita altamente poética, assume em simultâneo uma homenagem à poesia, à metáfora e à arte literária, enquanto relata a vida do carteiro, as ideias do poeta, as relações sociais no seio de uma comunidade de pescadores e o desenvolvimento da situação política que levou Allende à presidência do Chile até à revolução que instalou posteriormente a ditadura e espalhou os seus venenos para matar a liberdade e o sonho que injeta esse amargo para despertar a consciência.
Uma obra de muito fácil leitura, com a leveza de um excelente aperitivo e saborosa como um doce.

4 comentários:

Pedrita disse...

foi o que resultou no livro não? beijos, pedrita

Miguel Pestana disse...

É verdade, este é um belíssimo livro. O filme baseado na obra também é muito bom.

Li do autor 'Um Pai de Filme' e não me arrependi. Aconselho.

Denise disse...

Belo livro!

Carlos Faria disse...

Uma pérola ou um bombom muito bom