terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Carnaval da Ribeirinha: Fantasias, mascarados e bailes

Tudo é caseiro, não envolve grandes verbas, mas as gentes da Ribeirinha e dos Espalhafatos gostam da folia carnavalesca e por isso fantasias, críticas sociais, mascarados e bailes pontuam estes dias nesta terra rural do Faial.

O polícia de Carnaval conseguiu mesmo fazer-se obedecer a alguns condutores menos atentos e vindos do exterior para ver o Corso entre os Espalhafatos e a Ribeirinha...

Claro que em terra de agricultores os cavalos nunca faltam ao Carnaval, inclusive montados por egípcios de outras épocas...

Polícias modernos e ladrões fardados à moda antiga convivem alegremente nestes dias em plena liberdade.

A crítica de acontecimentos e a pessoas locais também se habituou à vir à folia e ninguém leva a mal nestes dias.

Há já algum tempo que os mascarados locais optaram por encarnar objectos e outras situações, assim desde uma sanita...

...a um anão, entre outros muitos tiveram lugar nos bailes da Ribeirinha...

Apesar da crise, alegria não faltou, apenas escasseou espaço para tantos foliões, fantasias, mascarados ou simplesmente aqueles que vieram nos trajes do dia-a-dia, mas despidos das preocupações quotidianas.

Esta foi uma amostra, nunca é possível mostrar tudo, hoje o Carnaval da Ribeirinha prossegue com a festa para a pequenada...

Sem comentários: